Vinhos

Vinhos

Itinerário

1º Dia – Ponte de Lima – Casa do Barreiro, 2 noites
3º Dia – Sabrosa – Quinta da Veiga, 2 noites
5º Dia – Anadia – Casa de Mogofores, 3 noites

Composição do Itinerário

Incluído: 7 noites em regime de alojamento e pequeno-almoço + 1 prova de vinhos e visita à adega em cada um dos Solares.

Preços

Preço por pessoa em quarto duplo – 345 euros
Preço por pessoa em quarto Individual – 550 euros

Através das rotas dos vinhos de Portugal pode fazer excelentes passeios e conhecer um prazer aperfeiçoado ao longo dos tempos. No norte, no centro ou no sul, contacte com saberes antigos e com regiões onde o vinho se cultiva desde tempos imemoriais. caminho. Do Minho, verde e viçoso, onde o vinho verde cresce em latadas, aos socalcos do Douro, a mais antiga região demarcada do mundo, berço do famoso Porto e ao Centro de Portugal, onde as rotas dos vinhos percorrem cidades e vilas cheias de história.

Os vinhos verdes de Portugal, únicos no mundo, são um agradável motivo para descobrir o Minho. O vinho verde, leve e algo atrevido, vai bem com peixes e mariscos. Ou com uma pausa refrescante num dia de calor. No atlântico Minho, de relevo acidentado a norte do país, as videiras trepam em latadas e bordam campos pontuados por típicos espigueiros. No verde da paisagem, com rios vários, ergue-se o granito dos muitos solares e monumentos, a visitar. Comece na costa, em Caminha e Vila Nova de Cerveira, tão pitorescas como Valença, à beira do Minho. Mais a norte, Monção e Melgaço são centro do mais apreciado vinho verde português: o Alvarinho. Perto, fica o Parque Nacional da Peneda-Gerês, com aldeias de serra cheias de história e tradição, como Castro Laboreiro e Soajo. Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Ponte de Lima devem o nome a rios que lhes dão graça e frescura, como Viana do Castelo, na foz do Lima. Passe ainda por Barcelos, à beira do Cávado, e por Braga, cujo património evoca as raízes ancestrais da região. Noutro percurso, Guimarães, berço da nacionalidade e Património Mundial, alia-se a Amarante, bela cidade que combina igualmente rio e património. Não parta sem uma visita às mais emblemáticas quintas da região, tão famosas pelas suas casas senhoriais, como pela qualidade dos seus vinhos.

Descubra a mais antiga região de vinha demarcada do mundo. O Douro espera por si. Surpreenda-se com a Rota do Vinho do Porto! A Região do Douro é a mais antiga região de vinha demarcada do mundo de que se tem conhecimento, tendo o "título" desde 1756. Estendendo-se ao longo do vale do rio Douro, património mundial da UNESCO, aqui produzem-se excelentes vinhos, como o famoso Vinho do Porto. A Rota do Vinho do Porto tem a particularidade de se poder fazer de carro, comboio ou barco, uma vez que o rio é navegável do Porto a Barca d’Alva, na fronteira com Espanha. Deixe-se encantar com a paisagem do Douro: os vales, o rio serpenteante, as vinhas em socalcos, o ar puro... E aproveite para visitar algumas quintas produtoras de vinho do Douro e do Porto.

Do interior, onde o Dão corre apertado entre montanhas, ao litoral de lagoas e vastos areais, duas Rotas no centro de Portugal. Ocupam áreas especialmente férteis para a vinha, em que registos do séc. XII já falam da excelência dos vinhos aqui produzidos, como o Dão, com fama desde a fundação de Portugal. Um percurso monumental começa no rico património construído de Viseu e faz um círculo em volta do Dão, onde o granito impera. Entre o Dão e o Mondego a paisagem é mais verde, feita de vinhas dos solares e quintas da região, à mistura com florestas, já no Caramulo. Entre o Vouga e o Paiva ficam termas, como S. Pedro do Sul, templos românicos e aldeias de telhados de xisto. Também na Rota do Vinho da Bairrada encontra termas - Luso e Curia. Perto da costa, são as lagoas e rios que dão serenidade ao ambiente. Junto ao mar, que influi no caráter dos vinhos da Bairrada, encontram-se dunas e praias extensas, onde as casas pintadas de riscas coloridas são um atrativo.

Casa do Barreiro

Casa do Barreiro

A Casa do Barreiro, construída no século XVII, é uma típica construção fidalga, em propriedades onde a agricultura foi, tradicionalmente, a actividade dominante. Em tempos recuados, as terras estendiam-se até ao rio Lima, e a quinta, rica em macieiras e na produção de milho, era, então, muito mais vasta, sendo hoje a actividade principal a cultura da vinha e dos vinhos loureiro e vinhão, produzidos na casa e que são motivo de orgulho. O pátio central perpetua a elegância arquitectónica das casas nobres da Ribeira Lima. Com vários recantos acolhedores, jardins e fontes, esta casa agrícola e de férias, reúne todas as condições para uma agradável estadia. Uma estadia na Casa do Barreiro proporciona a possibilidade de partir à descoberta de uma região de extrema beleza.

Quinta da Veiga

Quinta da Veiga

A Quinta da Veiga restaurada recentemente, para Turismo de Habitação goza de uma localização privilegiada em plena Região Demarcada do Douro classificada como Património da Humanidade. Situada junto á margem direita do Rio Douro, sobranceira à Estação do Ferrão (entre a Régua e o Pinhão), a casa cuja origem remonta ao séc. XVII, está implementada num dos imensos socalcos, a meia encosta desta quinta produtora de vinho do douro, com 50 hectares cultivados. Reconstruída maioritariamente em xisto, aqui nada foi deixado ao acaso, o respeito pela arquitectura tradicional duriense, está patente em toda a recuperação desta magnífica edificação Da rusticidade e imponência dos velhos lagares de vinho criaram-se espaços de verdadeiro conforto e requinte. A casa é ladeada por um belo jardim, que se prolonga com uma piscina panorâmica, a olhar a perder de vista o rio Douro.

Casa de Mogofores

Casa de Mogofores

A Casa de Mogofores, construção do Sec. XIX está intimamente ligada ao desenvolvimento Agrário da região da Bairrada e à criação da Estancia Termal da Cúria. Os actuais proprietários dão continuidade a esta tradição produzindo os famosos Vinhos Campolargo. Recuperada com bom gosto, esta Casa, acolhe com grande afabilidade e simpatia todos aqueles que buscam um espaço amplo e relaxante, para daqui partirem à descoberta de uma região com numerosos recursos turísticos como o Vinho, a gastronomia, as termas, o golfe e um património arquitectónico e natural de rara beleza.

This will be replaced with the Google Map.